Notícias / Saúde
Publicado em: 11/05/2018 às 15:07
“Maio Amarelo”: palestras e simulado reúnem aproximadamente 500 pessoas no Teatro Estadual de Araras
Evento contou com programação especial organizada pela Prefeitura por meio das Secretarias Municipais de Saúde e Segurança Pública, além do Corpo de Bombeiros, Samu Regional de Araras e da Polícia Militar

 

Foram realizadas na noite de quinta-feira (10), no Teatro Estadual Maestro Francisco Paulo Russo, palestras que reuniram aproximadamente 500 pessoas, de acordo com balanço da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, referente à campanha intitulada “Maio Amarelo -Trauma – A morte que pode ser evitada”, com o objetivo de alertar a população e promover a prevenção de acidentes de trânsito.

O evento contou com uma programação especial organizada pela Prefeitura de Araras, junto à Secretaria Municipal de Saúde, Segurança Pública e Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Samu Regional de Araras e da Polícia Militar.

Além das palestras realizadas, a ação ainda englobou uma simulação de múltiplas vítimas num acidente de trânsito envolvendo três veículos, sendo um carro, uma moto e uma van, com cerca de 15 feridos na tragédia fictícia, com duração de aproximadamente 1 hora – o simulado ocorreu na parte externa do Teatro Estadual.

Na iniciativa, também se fez presente a assinatura do termo de Cooperação do 192 SMART – aplicativo desenvolvido pela médica Adriana Malet Touge – que tem como objetivo auxiliar de forma eficaz pessoas envolvidas em possíveis acidentes de trânsito, compartilhando automaticamente os dados da vítima e sua localização.

Os Rotary Club de Araras Alvorada, Rotary Club de Araras, Rotary Club de Araras Sul, Interact Club Araras União e Rotaract Club Araras União fizeram a doação de 4 smartphones para o Samu. Quem recebeu os aparelhos em nome da Prefeitura foi o secretário municipal de Comunicação Social e Institucional, Douglas Gonzaga.

O encontro reuniu quatro palestras: “A epidemiologia do trauma, quais são os números de Araras?”, ministrada pelo tenente Alexandre José Rovay – comandante do posto do Corpo de Bombeiros de Araras; “Quais os cuidados para reduzir o risco em caso de acidente?”, pelo Dr. Agnaldo Piscopo – diretor do Samu Reginal Araras; “Alcolemia e direção de veículos sob a fiscalização da Lei Seca”, com o comandante da Companhia da Polícia Militar de Araras, capitão - Helington Ilgges da Silva; e, para finalizar, “Os aplicativos EmergênciaAPP: como a tecnologia está ajudando a salvar vidas”, proporcionada pela médica emergencista do Samu e criadora do aplicativo 192 SMART, Adriana Malet Touge.

O simulado de múltiplas vítimas contou com o apoio e participação dos hospitais São Luiz (Santa Casa), Hospital Municipal Elisa Sbrissa Franchozza, Unimed e Pró-Saúde, que realizaram a chegada dos veículos de salvamento e, posteriormente, o encaminhamento das pessoas envolvidas com o protocolo START (Simple Triage and Rapid Treatment). Além dos hospitais, a simulação ainda teve a participação dos veículos que recolheram as vítimas fatais, cedidos pelas funerárias da cidade Bom Pastor e Santa Cruz.

Para a coordenadora do Samu, Marili Cléria Souza, o evento foi muito proveitoso, pois as equipes puderam desenvolver o aprendizado com todas as pessoas ali envolvidas e constatar uma interação e cooperação entre o Corpo de Bombeiros, Polícia e Samu. “Essa união serviu como uma forma de inspirar, alertar e esclarecer a população sobre os perigos no trânsito e como podemos evita-los. Todos fizeram um excelente trabalho e deram tudo de si na simulação com múltiplas vitimas, tornando o evento mais próximo possível do real. Posso afirmar, com muito orgulho, que Araras hoje está preparada para atuar nesses casos, pois estamos organizados, centrados e interagidos, tudo em prol de um bem maior. Isso faz a diferença”, comentou ela.

Clique aqui e veja a reportagem

 

Secom/PMA

Simulação de múltiplas vítimas num acidente de trânsito envolvendo três veículos com cerca de 15 feridos na tragédia fictícia teve duração de aproximadamente 1 hora

 

Secom/PMA

Diretor do Samu Regional Araras, Dr. Agnaldo Piscopo palestrou sobre quais os cuidados para reduzir o risco em caso de acidente

 

Secom/PMA

Membros dos Rotarys de Araras doaram ao Samu de Araras quatro celulares; o secretário municipal de Comunicação Social e Institucional, Douglas Gonzaga, foi quem recebeu em nome da Administração Municipal

 

Secom/PMA

Simulado contou com o apoio e participação dos hospitais São Luiz (Santa Casa), Hospital Municipal Elisa Sbrissa Franchozza, Unimed e Pró-Saúde

 

 

 

Secom/Prefeitura de Araras