Notícias / Comunicação Social
Publicado em: 19/03/2021 às 11:18
Auxílio Emergencial 2021: entenda quem pode receber o benefício
Governo Federal aprovou nesta quinta-feira (18), Medida Provisória que autoriza e regulamenta o benefício; não serão realizados novos cadastros
Quem mora sozinho irá receber R$ 150, famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres irão receber R$ 250 e famílias chefiadas por mulheres receberão R$ 375

 

O Governo Federal aprovou, nesta quinta-feira (18), a Medida Provisória que cria o novo auxílio emergencial 2021.

O benefício será direcionado para trabalhadores informais e beneficiários do Bolsa Família e será pago a partir de abril, em quatro parcelas, com valores de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, dependendo da família.

Quem mora sozinho irá receber R$ 150, famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres irão receber R$ 250 e famílias chefiadas por mulheres receberão R$ 375. Ainda não foi divulgado o calendário de pagamento, mas ele deve começar apenas em abril.

É importante ressaltar que para poder receber o benefício não vai ser preciso fazer um novo cadastro. O Ministério da Cidadania selecionará as pessoas que vão receber o auxílio de acordo com os cadastros que foram realizados no ano passado. Quem não faz parte dos cadastros não receberá o benefício, já que não haverá novos pedidos.

Para fazer essa seleção será feito o cruzamento de mais de 11 bases de dados como: CNIS, MEI, INSS para entender quem realmente tem o direito de receber o benefício em 2021.

Para saber se terá direito ao benefício, o cidadão pode acessar as páginas www.cidadania.gov.br/consultaauxilio e https://consultaauxilio.dataprev.gov.br. Para ter acesso as informações, é necessário ter em mãos os seguintes documentos: nome completo, CPF, nome da mãe do beneficiário e a data de nascimento. Uma vez que o beneficiário tenha inserido todos os dados, na próxima tela aparecerá todas as informações das etapas do processamento do benefício na Dataprev.

 

Secom/Prefeitura de Araras