Notícias / Gabinete
Publicado em: 01/12/2020 às 23:03
Governo Estadual reforça pedido para impedir aglomerações em festas de fim de ano durante pandemia
Prefeito em exercício Carleto Denardi participou de reunião por videoconferência com governador e secretários de Estado: pedido de empenho e colaboração no combate à pandemia
Prefeito em exercício Carleto Denardi durante videoconferência com o Governo Estadual nesta terça-feira (1)

 

O prefeito em exercício Carleto Denardi participou na noite desta terça-feira (1) de uma reunião por videoconferência com o governador do Estado de São Paulo, João Doria, e demais secretários de Estado, para discutir ações de combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19) neste momento de aumento de casos em várias cidades paulistas.

O tema principal foi o pedido do Governo Estadual de empenho e colaboração por parte dos gestores municipais em ações para impedir festas comemorativas neste período de fim de ano, proibir aglomerações e fiscalizar eventuais descumprimento das regras restritivas.

Conforme divulgado na segunda-feira (30), todos os municípios do Estado passam a integrar a Fase Amarela do Plano São Paulo, incluindo Araras, que faz parte da Diretoria Regional de Piracicaba.

Nesta fase entram em vigor medidas mais restritivas a partir desta quarta-feira (2), entre elas a autorização de funcionamento por até 10 horas diárias dos estabelecimentos considerados não essenciais e ocupação máxima em 40% dos estabelecimentos. Continuam proibidos eventos com público em pé. Bares e restaurantes só podem atender o público em locais abertos ou arejados, e o horário limite para consumo no local se mantém até às 22h.

Para a reunião desta terça (1) foram convocados os prefeitos de 62 municípios que estão em estado de alerta após aumento de internações, incluindo Araras. Os dados computados pelo Governo Estadual das internações para classificar Araras em “estado de alerta” foram dos últimos sete dias. Já no Boletim da Prefeitura de Araras divulgado nesta terça constam apenas 3 internados em UTI Covid e outros 6 na Ala Covid (enfermaria).

No início da reunião, o governador João Doria foi enfático ao dizer que não se pode promover festas neste fim de ano, para evitar uma propagação ainda maior do vírus, enquanto a população não for imunizada.

A maioria dos prefeitos participantes reivindicou mais repasses financeiros para poder manter as ações de combate à pandemia; flexibilização de horário para funcionamento do comércio neste fim de ano; disponibilização de mais insumos para testes; e análise individuais das cidades no Plano São Paulo. Durante a reunião, o Estado anunciou que deverá rever alguns critérios e regras do Plano São Paulo ainda nesta semana e que também vai avaliar os pedidos feitos pelos prefeitos durante a videoconferência.

O prefeito em exercício Carleto Denardi pediu a colaboração de todos. “Estamos fazendo reuniões constantes com os diversos departamentos da Prefeitura para manter nossas ações de combate à pandemia. Mas o principal é a conscientização da população em não abusar, pois o vírus ainda circula e temos que combatê-lo”, comentou.

Acompanhando Carleto Denardi nesta videoconferência, também participaram da reunião os secretários municipais Itacil Luiz Zurita Filho (Saúde), Patrícia Cressoni (Justiça), Felipe Castro (Governo) e Célio Casarin (Comunicação), e o chefe da Fiscalização Urbana, Wallacy Batista da Silva Carlos.

 

Secom/Prefeitura de Araras