Notícias / Governo
Publicado em: 08/01/2021 às 18:38
Prefeito reúne representantes de escolas particulares para debater volta às aulas em Araras
Protocolos adotados e tipo de ensino que será aplicado na retomada, o híbrido, foram discutidos na reunião, na Casa da Memória; Decreto Estadual prevê retorno em fevereiro

Reunião aconteceu na tarde desta sexta (8), na Casa da Memória

 

O prefeito Pedrinho Eliseu, acompanhado da vice-prefeita Anete Casagrande, da secretária de Educação, Heleine Villas Bôas, e do secretário de Saúde, Agnaldo Píscopo, se reuniu com representantes de escolas particulares para debater a volta às aulas no município.

Na ocasião, foram discutidos como serão os protocolos adotados e também o tipo de ensino que será aplicado na retomada, o híbrido, ou seja, realizado presencialmente ou por acesso remoto (por meio de plataformas digitais). Decreto Estadual vigente prevê retorno às aulas em fevereiro, com limite máximo, na fase amarela, de 70% dos alunos matriculados desde que seja respeitado o distanciamento mínimo previsto nos protocolos sanitários.

O prefeito enfatizou que a escolha entre ensino presencial (na escola) ou remoto (online) será dos pais. “É sempre importante dialogar com as instituições do nosso município e quando o assunto é educação, isso é potencializado. A ideia é que possibilitemos a volta das aulas de uma maneira consciente, responsável e num modelo hibrido, onde fica a critério dos pais se as crianças e adolescentes devam retornar ou não às unidades. Esse sistema também será aplicado na rede municipal”, comentou o prefeito Pedrinho Eliseu.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, haverá um censo para conhecer a necessidade dos pais. “Tanto na Rede Privada como na Municipal o retorno às aulas presenciais será opcional. Aqueles que optarem pelas aulas online poderão continuar com o ensino remoto. Nas escolas todos os protocolos sanitários serão respeitados”, explicou a secretária de Educação, Heleine.

Para o médico e secretário de Saúde, Agnaldo Píscopo, os protocolos adotados nas escolas poderão garantir uma maior prevenção aos alunos. “As medidas que serão adotadas nas escolas, como distanciamento social, limpeza das mãos com álcool gel e uso obrigatório de máscara, muitas vezes serão mais seguras do que às aplicadas em ambiente fora da escola”, acrescentou Píscopo.

 

Secom/Prefeitura de Araras